Secretaria do Mestrado:

sec-mestrado@fumec.br

Histórico :::

O PROGRAMA

O Mestrado em Estudos Culturais Contemporâneos da Universidade Fumec – MCult é credenciado pela CAPES na grande área Multidisciplinar e na área específica denominada Interdisciplinar e é avaliado com nota 3 (três) no conceito da CAPES. Iniciou suas atividades em agosto de 2014, constituindo-se como uma importante proposta acadêmica interdisciplinar, agregando docentes com formação em diferentes campos de conhecimento que convergem para a análise de processos culturais da contemporaneidade.

A proposta do MCult é inovadora, uma vez que há pouca oferta de programas de pós-graduação na área dos estudos culturais no cenário brasileiro, sobretudo se considerarmos a relevância da cultura na formação da identidade nacional e nas interações sociais.

O corpo docente do MCult conta com doutores com considerável atuação no ensino e na pesquisa sobre as artes, design, mídia e comunicação, educação, psicologia, sociologia, antropologia, literatura, criatividade, empreendedorismo, tecnologia e inovação, dentre outros. A formação diversificada do corpo docente do MCult possibilita o diálogo entre diferentes saberes no processo de construção teórica e metodológica das propostas de dissertação de seus alunos.

O MCult busca atender demanda no estado de Minas Gerais por formação acadêmica na área cultural, no que se refere à capacitação para a docência no ensino superior e de pesquisadores, agentes e gestores com formação interdisciplinar numa área central que é a da cultura. O Programa é estruturado de forma a atender a candidatos de Belo Horizonte e aqueles que veem de outras cidades do estado.

Para isto, é possível cursar disciplinas obrigatórias e optativas e receber orientação às sextas e sábados, contribuindo, assim, com a formação de mestres ao nível regional. A volta destes mestres para suas cidades de origem constitui-se em interessante repercussão regional da proposta do MCult de contribuir para suprir a demanda por especialização na área cultural, voltado para a realidade brasileira, cuja diversidade cultural tem colocado a sociedade diante de desafios ligados à promoção de diálogo intercultural, do reconhecimento e respeito dos direitos das minorias.

Por esse caráter inovador, tem atraído estudantes interessados em estudos sobre processos culturais contemporâneos como novas formas e expressões artísticas e midiáticas, sobre consumo, games, fotografia, minorias, direito à diversidade, religião, design, iconografia mineira, literatura infantil, moda, TV, novas tecnologias na arte, na comunicação, na educação e no design, gastronomia e gênero, dentre outros temas que exigem reflexão crítica sobre a dinâmica sociocultural contemporânea.

OBJETIVOS

OBJETIVO GERAL:

– Formar pesquisadores, professores, profissionais interessados em ampliar suas competências, habilidades e espaços de atuação no campo da cultura contemporânea, numa perspectiva interdisciplinar.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

– Pesquisar fenômenos culturais fronteiriços que requerem diálogo entre e além das disciplinas;

– Investigar as implicações das transformações tecnológicas na cultura e na sociedade contemporânea;

– Incorporar nos projetos de pesquisa desenvolvidas no âmbito do mestrado novas metodologias interdisciplinares;

– Qualificar profissionais a desenvolverem pesquisa e outros projetos de caráter interdisciplinar, considerando variáveis sociais, históricas, culturais e tecnológicas;

– Produzir debates e pesquisas socialmente relevantes que investiguem a cultura em suas expressões e mediações, de modo a responder aos desafios do conhecimento científico e atender às demandas sociais;

– Estabelecer um fórum de discussão interdisciplinar que fomente a interlocução conceitual entre diferentes áreas do conhecimento acerca da cena cultural contemporânea;

– Formar mão de obra qualificada para a pesquisa científica na área da cultura e dos processos culturais contemporâneos e docentes para o ensino superior.